Preço do gás deve subir em ao menos 15 estados ainda em 2020

Indústria será a principal afetada pelo aumento. Reajuste pode chegar a 23%

Foto: Agência Brasil

Levantamento realizado pela Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia (Abrace) aponta que o preço do gás natural deve subir em ao menos 15 estados ainda neste fim de ano, o que contraria o discurso do presidente Jair Bolsonaro de que governo teria energia barata.

Segundo informações do jornal O Globo, a indústria de São Paulo que usa o combustível deve sofrer com um reajuste de 8,11%. Em Minas Gerais, o aumento pode chegar a 23,56%. No Rio, o aumento previsto para ocorrer em novembro foi suspenso por uma decisão do governo do estado.

Reajuste representa um gasto a mais para as empresas, que podem repassar o valor para o preço final de seus produtos. Entre os principais fatores que justificam o aumento estão a valorização do dólar e do preço do barril de petróleo no mercado internacional no último trimestre.

Além da indústria, consumidores residenciais e o comércio também deverão arcar com reajustes, mas em uma proporção menor.

Por Revista Fórum

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *